Empresários de Luzerna participarão de conferência da FIFA em Barcelona

A equipe da Salus Dermatoglifia, sediada em Luzerna, no interior de Santa Catarina, participará pelo 3° ano seguido da 27ª Conferência Internacional em Reabilitação Esportiva e Traumatologia, organizada anualmente pela FIFA (Federação Internacional de Futebol) e o Isokinetic Medical Group. A conferência de 2018 acontecerá de 2 a 4 de junho, no Camp Nou, em Barcelona.

Os empresários vão apresentar trabalhos sobre a dermatoglifia, técnica de observação das impressões digitais para descobrir quais são as capacidades ou valências físicas dos indivíduos para indicação de exercícios físicos de forma personalizada. “Dessa forma o indivíduo avaliado vai obter os melhores resultados com a prática do exercício físico, aumentando o prazer durante o exercício e diminuindo o risco de lesão. Da mesma forma é utilizado para orientar talentos esportivos, visto que para cada esporte temos algumas determinadas capacidades físicas mais relevantes”, explica Alexandre Heberle, especialista em Engenharia de Software e diretor da Salus.

Laudo dermatoglífico desenvolvido pela Salus (foto: divulgação)

Heberle recebeu apoio da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) em 2009, na chamada em parceria com as Secretarias Regionais (hoje transformadas em ADRs – Agências de Desenvolvimento Regionais) para desenvolvimento de projetos de CTI. “A Salus desenvolveu seus primeiros projetos concretos no que tange as redes neurais com o suporte da FAPESC, e esta ação viabilizou um grande salto tecnológico nas nossas soluções nos transportando de tecnologias ordinárias para uma inovação de grande aceitação no mercado”, diz o diretor científico da empresa, Rudy José Nodari Júnior.

Destaque internacional

Além da conferência da FIFA, os empresários participarão do VII Congresso Internacional de Atividades Aquáticas em Madri, de 11 a 13 de maio; e do I Lifestyle Medicine Congress em Córdoba, também na Espanha, nos dias 18 e 19 de maio, no qual o diretor científico da Salus ministra uma palestra com o tema “Dematoglifia: uma ferramenta tecnológica de pesquisa na promoção da saúde”. “É inegável que a participação em congressos relevantes torna o produto conhecido no meio científico e acadêmico, e por consequência gera interesse e parcerias comerciais. Desde que adotamos essa estratégia o crescimento vem acontecendo de forma muito interessante”, diz Heberle.

A evolução da solução criada pela empresa permitiu que a Salus mantivesse contato acadêmico, profissional e comercial com Portugal, Espanha, Itália, Rússia, Argélia, Bélgica, Inglaterra, Estados Unidos, Paraguai, México, Chile, Grécia, além do Brasil. A primeira participação da equipe em conferências esportivas foi em 2016, em Londres: “alguns clientes no Brasil fecharam conosco após a participação no evento. A experiência foi incrível, pois foi um congresso que na ocasião tinha 1900 pesquisadores inscritos de 72 países”, relata o empresário. Em 2017 repetiram a experiência em Barcelona.

Os empresários participaram do Congresso Internacional da FIFA em 2017, também em Barcelona. (foto: divulgação)

A expertise da Salus deu origem a uma base de dados com mais de 12 mil indivíduos, de mais 20 modalidades esportivas diferentes e originários de 22 países. Entre outros resultados estão a validação científica do Leitor Dermatoglífico criado pela empresa, as mais de 50 publicações científicas utilizando as soluções da Salus, e o uso de resultados da produção científica em mestrados em Posturologia e Biomecênica na Sapienza de Roma, Universidades de Palermo e Bari na Itália, com a inserção da Dermatoglifia como disciplina.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação da FAPESC

http://www.fapesc.sc.gov.br/empresarios-de-luzerna-participarao-de-conferencia-mundial-em-barcelona/